Notícias

A Cruzeiro do Sul te ajuda na Declaração do Imposto de Renda!


24
março 2017

A Universidade Cruzeiro do Sul e os alunos do 4º e 5º semestres do curso de Ciências Contábeis, orientados por professores, ajudarão a comunidade no preenchimento da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda.

Para isso, será realizada a tradicional Jornada do Imposto de Renda com datas exclusivas de atendimento gratuito, com vagas limitadas. Pode participar qualquer pessoa física com rendimento anual de até R$ 300.000,00 e que não seja sócia ou proprietária de empresas.

 

Agendamento:

Deve ser realizado no período de 06 a 31/03, pelo telefone 2037-5814 (Empresa Júnior), de segunda a sexta, das 13h às 17h.

 

O Plantão Fiscal será realizado nas seguintes datas:

25/03 – 09h às 15h
Campus A. Franco
Av. Regente Feijó, 1295
01/04 – 09h às 15h
Campus Liberdade
Rua Galvão Bueno, 868
08/04 – 09h às 16h
Campus São Miguel
Av. Doutor Ussiel Cirilo, 225

 

Serviço Gratuito e Doação:

Não será cobrado nenhum valor em dinheiro das pessoas que forem atendidas. Solicitamos a doação de 1 quilo de alimento não perecível, a ser destinado a uma instituição posteriormente definida pela Universidade.

 

Quem deverá declarar:

 

Renda
– recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70; – recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.

 

Ganho de capital e operações em bolsa de valores
– obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
– optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da  Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.

 

Atividade rural

  1. a) obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50;

b) pretenda compensar, no ano-calendário de 2016 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2016.

Bens e direitos
– teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2016, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

 

Condição de residente no Brasil
– passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2016.

http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/apresentacao/obrigatoriedade

 

Anote quais documentos você deve apresentar no dia:

  • Informe de rendimentos e salários, pró-labore, aposentadoria, etc.;
  • Declaração de Imposto de Renda entregue em 2016 (Impressa ou CD);
  • Relação anual dos aluguéis recebidos de pessoa física, com nome, CPF, endereço do imóvel e valor recebido;
  • Informe de rendimentos bancários, posição em 31/12/2016;
  • Informe de rendimentos das aplicações financeiras (poupança, prazo fixo, CDB/RDB, etc.);
  • Informe de rendimento do cônjuge e dependentes, se a declaração for feita em conjunto; • Recibos de pagamentos a médicos, dentistas, hospitais, planos de saúde, etc.;
  • Recibos de pagamentos dos gastos com educação (universidade, escolas, etc.);
  • Pensão alimentícia paga no ano (relacionar o valor pago e os dados do beneficiário com CPF);
  • Comprovante de compra de bens móveis ou imóveis adquiridos no ano de 2016;
  • Comprovante de venda de bens móveis ou imóveis durante o ano de 2016;
  • Número do CPF dos dependentes;
  • Número do recibo de entrega da declaração 2015/2016;
  • Comprovantes de despesas do Livro Caixa (para prestadores de serviços autônomos);
  • Comprovantes de pagamento a instituições de ensino regular; comprovantes de pagamentos à previdência privada e oficial; comprovantes de doações para fins de incentivos fiscais (Fundos da Criança e do Adolescente, Lei Rouanet, Audiovisuais, entre outros).

 

Atenção: O prazo de entrega da declaração é até 28/04

Multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago, sendo que o valor mínimo é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto sobre a renda devida.