Notícias

Veteranos de Psicologia realizam a Semana da Calourada


07
março 2017

Essa atitude pra lá de bacana foi uma recepção super calorosa aos alunos recém-chegados. O objetivo disso foi um só: fazer com que eles se sentissem acolhidos na Universidade.

Como foi a Semana da Calourada?
Os calouros foram recepcionados nas catracas e acompanhados até as salas de aula. Lá, tiveram uma apresentação do plano de ensino do curso, conheceram as ferramentas que utilizarão ao longo do semestre letivo (Área do Aluno, Blackboard, Sistema de Bibliotecas). Ainda fizeram um tour pelo campus, tiveram uma palestra com ex-alunos do curso, conheceram os projetos dos quais podem participar, como monitora, Iniciação Científica, Projeto de Acompanhamento Terapêutico, PROESP e Copa da Inclusão. Para finalizar a semana, participaram de uma confraternização em sala de aula.

E qual é a opinião de quem participou?

 


maria lucimarOs veteranos acham a ação fundamental.

“Participo da “Semana da Calourada” desde as primeiras edições. Acredito que proporcionar aos novos alunos um ambiente acolhedor é de grande relevância. Por isso criamos essa rede de comunicação, em que alunos passam para alunos informações primordiais, que talvez só tivessem conhecimento em semestres posteriores. Para mim é gratificante ver os alunos que um dia foram calouros participando da organização do projeto nos anos seguintes com o mesmo objetivo de acolher e auxiliar os colegas que chegam”.

Maria Lucimar de Oliveira Pereira – 9º semestre – membro da Comissão Organizadora da Semana da Calourada

 

doriJá, para os calouros, a iniciativa é sensacional!
“A universidade não é, como muitos pensam, uma extensão da vida escolar. É um local novo, no qual os alunos recém-chegados irão se deparar com um ambiente que irá demandar não somente novas posturas, mas também conhecimentos que muitos não possuem. Ao meu ver, a recepção aos calouros é uma ação criativa e acolhedora; foi um momento para conhecermos um pouco mais sobre o curso que escolhemos, nossos colegas veteranos e suas experiências, nosso novo local de estudos, aprendizados, interações.
Enfim, espero que o curso continue realizando ações como esta, levando mais cor, leveza e aconchego àqueles que pela primeira vez estão pisando em solo universitário e que a universidade mantenha o apoio aos que participam desta atividade”.

Dori Edson Martins dos Santos Junior

 

Curtiu a iniciativa? Compartilhe com os seus amigos!