Notícias

Realizado o ENIC da Universidade Cruzeiro do Sul e UNICID.


11
julho 2019

No dia 28/6 aconteceu o XXIII Encontro de Iniciação Científica da Universidade Cruzeiro do Sul e o XV Encontro de Iniciação Científica da Universidade Cidade de São Paulo – UNICID.

No campus Anália Franco foram apresentados 350 projetos de alunos de Iniciação Científica das instituições para uma comissão avaliadora formada por mestres e doutores. Os três primeiros colocados de cada área do conhecimento – biológicas, humanas e exatas ganharam uma certificação de mérito.

Além da apresentação dos trabalhos, o encontro contou com uma palestra sobre a importância da iniciação cientifica e relatos de experiência das professoras Dra. Leonor Lopes Favero, Dra. Zulema Abraham e Prof. Dr. Roberto Barbosa Bazotte, mediados pela Pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa Profa. Dra. Tania Cristina Pithon-Curi.

O encontro não é apenas um evento no qual alunos são submetidos a avaliações, mas sim, uma reunião em que todos podem trocar informações, aprender sobre novos temas e entender a real importância da pesquisa científica dentro e fora do ambiente acadêmico.

Em uma de suas falas o Prof. Dr. Roberto Bazotte destacou que a Iniciação Científica eleva o nível dos alunos de graduação, além de ajudá-los a compreender a linguagem acadêmica e o mundo da pesquisa. Basta conversar cinco minutos com algum aluno da IC que logo a afirmação do docente se confirma: Carolina Mangieri, aluna do curso de jornalismo relata sobre o quanto ela se tornou mais crítica e desenvolveu um olhar mais clínico sobre os mais variados assuntos: “Minha orientadora foi meu norte, ela praticamente me ajudou com tudo”, afirma.

Carolina é uma de muitas alunas que tiveram suas vidas transformadas graças ao programa de iniciação científica.  O ENIC trouxe histórias de alunos que começaram pela IC e que atualmente estão estudando em outros países, jovens que mudaram completamente suas vidas e as de quem estavam ao seu redor, que foram atrás dos seus sonhos, e isto remete ao momento da palestra em qual a renomada professora de linguística brasileira, Dra. Leonor Lopes Favero citou um verso do autor moçambicano Mia Couto: “O que faz andar a estrada? É o sonho. Enquanto a gente sonhar a estrada permanecerá viva. É para isso que servem os caminhos, para nos fazerem parentes do futuro”.

A pesquisa científica abre caminhos para o futuro, nela que se fomenta a esperança – seja na cura de doenças, no estudo civilizatório ou até na análise de políticas públicas. Ela critica positivamente o modo como se enxerga a realidade e nessa crítica transforma e imagina futuros possíveis. O ENIC deixa evidente a importância desse diálogo, desta reflexão e do encontro de ideias.

Marcaram presença no ENIC deste ano o diretor-presidente da Cruzeiro do Sul Educacional, Prof. Dr. Hermes Ferreira Figueiredo, do Diretor Acadêmico, Prof. Dr. Renato Padovese, da Pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa, Profa. Dra. Tania Cristina Pithon-Curi, da Pró-reitora de Graduação e Extensão, Profa. Dra. Amelia Maria Jarmendia Soares, do Pró-reitor de Educação a Distância, Prof. Dr. Carlos Fernando Araujo Junior, além dos membros do Comitê Externo de Avaliação dos projetos de iniciação científica, professores doutores: Benedito Corrêa, Mario Hiroyuki Hirata, Roberto Barbosa Bazotte, Rubens Cesar Lopes Figueira, Cristina das Neves Borges-Silva, Leonor Lopes Favero, Letícia Cristina Cidreira Boaro e Zulema Abraham.